Consultas de Proctologia

Proctologia é a área que estuda e trata as doenças do ânus e do recto. 

 

A Alvamed Clínica Médica Alvalade pretende, com esta informação, alertar para os sintomas mais importantes nesta área.

Se é certo que a maioria das vezes, estes sintomas não significam doença grave, por vezes são os sinais de alerta de patologia colorectal importante, que deve ser tratada atempadamente.

 

SINTOMAS:

Rectorragia - A perda de sangue nas fezes, é o sintoma mais frequente; normalmente de pequena quantidade, pode contudo ser abundante; a cor, vermelho vivo ou escuro, são características importantes.

Dor - Está normalmente associada a fissura, hemorroida trombosada ou abcesso.

Perda de Muco - É um sintoma que normalmente está associado à rectorragia; é frequente no cólon irritável, doença inflamatória do cólon e ainda em alguns casos de polipos (adenoma viloso).

Alterações dos hábitos intestinais - Embora seja difícil de definir um padrão de normalidade, qualquer alteração ao que é usual num indivíduo específico deverá ser avaliado; a alternância de obstipação e diarreia é um sintoma importante.

Prurido - Sintoma muito frequente, estando na maioria dos casos associado a doença benigna; é no entanto necessário uma investigação criteriosa, de modo a eliminar uma possível etiologia maligna

Incontinência Anal - Talvez o sintoma mais ignorado pelos doentes; é no entanto muito frequente, sendo possível tratar um significativo número de casos com exercícios específicos

 

 ABCESSOS ANORECTAIS
 FÍSTULAS
 HEMORROIDAS
 FISSURAS
 CONDILOMAS
 INCONTINÊNCIA ANAL
 SINUS PILONIDAL
 DOENÇA INFLAMATÓRIA
 PROLAPSO RECTAL
 TUMORES

EXAMES:
 ANUSCOPIA
 RECTOSIGMOIDOSCOPIA
 SIGMOIDOSCOPIA FLEXÍVEL
 TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIOS NA ÁREA DA PROCTOLOGIA

 


 

Hemorróidas

As hemorróidas são dilatações das vias do ânus, por vezes acompanhadas de prolapso

(exteriorização da mucosa, que é a parte interior do canal anal).

 

O sintoma mais frequente é a perda de sangue (rectorragia), de cor vermelho vivo, que pode ser de pequena quantidade, mas por vezes abundante. Pode haver perda de muco e também de sensação de evacuação incompleta.

 

Classificam-se as hemorróidas em 4 graus:

1º Grau  2º Grau 3º Grau 4º Grau

 

No estudo diagnóstico das hemorróidas há exames que são obrigatórios, nomeadamente a anuscopia. De acordo com as características dos sintomas e atendendo à idade do doente, pode estar indicado fazer mais exames, nomeadamente a colonoscopia.

 

O tratamento pode ser feito de 3 maneiras distintas:

 

• Tratamento médico (conselhos dietéticos, aumentar a ingestão de água e uso de pomadas)

• Tratamento instrumental (laqueação e esclerose)

• Tratamento com infra vermelhos

• Tratamento cirúrgico (operação)

 

 Há vários métodos de operar as hemorróidas:

 

• Excisãoclássica (hemorroidectomia)
• Excisão da mucosa anal (operação de Longo)
• Laqueação das artérias hemorroidárias e redução do prolapso da mucosa (THD e HAL/RAR)

 

Estes dois últimos métodos são menos traumáticos, menos dolorosos e de recuperação mais rápida.

 

A decisão do método a utilizar depende de vários factores, que deverão ser devidamente explicados ao doente, de modo a haver uma consciencialização das vantagens de cada um deles.

 


 

Tratamento HPV

O vírus do papiloma humano,PVH ou HPV (human papiloma virus), infecta a pele e as mucosas.

Os locais mais frequentes de apresentação são a vulva, vagina, colo do útero, pénis e ânus.
A sua forma de transmissão é essencialmente por via sexual.
Presume-se que cerca de 25 a 50% das mulheres esteja infectada. Esta infecção, muitas vezes silenciosa, tem vindo a aumentar progressivamente. Nos homens é também muito frequente, passando despercebida durante longos períodos de tempo.
Na maioria das situações não há sintomas e o seu diagnóstico só é possível durante a observação médica.
Quando diagnosticado, dever-se-há pesquisar nos parceiros sexuais dos doentes infectados.
As formas de apresentação variam desde a ausência de sinais ao aparecimento de verrugas e condilomas.
A complicação mais temida é a evolução para cancro, tanto do colo do útero, como anal.
O diagnóstico e tratamento precoce são factores muito importantes na tentativa de prevenção destas formas de cancro.

Informações genéricas
O virus do papiloma humano infecta pele e mucosas, sendo essencilamente transmitido por via sexual.
Estima-se que 25 a 50% da população mundial esteja infectada por HPV.

Manifestações Clínicas
1. Verrugas (mãos, pés e face)
2. Condiloma acuminado (vulva, pénis e ânus)
3. Papilomatose respiratória

 

O cancro é a consequência mais temida e a mais grave da infecção por HPV, sendo mais frequente no colo do útero, vulva, ânus e pénis.

DIAGNÓSTICO
1. Exame clínico
2. Colposcopia
3. Peniscopia
4. Anuscopia magnificada

TRATAMENTO
1. Agentes tópicos (podofilina, ácido tricloroacético, 5-fluoruracilo)
2. Imunomodeladores (imiquimod,retinoides e interferon)
3. Cirurgia (convencional, crioterapia e laser)


Links úteis:
www.msnbc.msn.com/id/24036106
www.thebody.com/content/art14096.html
www.ipoporto.min-saude.pt/InfoUtente/hpv.htm
www.medicoassistente.com/modules/smartsection/item.php?itemid=160
www3.niaid.nih.gov/topics/genitalWarts/
www.projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/079.pdf
www.sbcp.org.br/revista/nbr234/P273_277.htm

 


 

Hérnias da Parede Abdominal

O QUE É UMA HÉRNIA?
Uma hérnia é um defeito ou fraqueza na parede abdominal, permitindo que o conteúdo abdominal se insinue e faça procidência na parede abdominal.


TIPOS DE HÉRNIA

Existem vários tipos de hérnias da parede abdominal:
• Umbilical
• Crural
 Incisional
• Inguinal
 Spigel

Como saber se se tem uma hérnia?
Pode ser assintomática, causar ligeiro desconforto local e observar-se um saliência na zona da hérnia.

 

O que acontece se uma hérnia for ignorada?
A complicação mais importante é o estrangulamento.

 

Como surgem as hérnias?
As hérnias aparecem devido à fraqueza da parede abdominal; no entanto há factores que favorecem o seu aparecimento, tais como exercícios exagerados , como por exemplo o levantamento de pesos, obesidade, tosse, doenças pulmonares crónicas, esforço exagerado durante a defecação e micção.

 

O que pode fazer para prevenir as hérnias?
Não é possível evitar o aparecimento de uma hérnia.

 

Quando deve consultar um médico?
Mal se aperceba que pode ter uma hérnia deve consultar o seu médico. O seu conselho permitir-lhe-á tratá-la convenientemente.

 

TRATAMENTO
O único tratamento eficaz é a intervenção cirúrgica, que deve ser efectuada antes de surgirem as complicações.

 

PÓS-OPERATÓRIO
Normalmente o internamento é curto (24H) e a recuperação total dá-se em 2 ou 3 semanas, salvaguardando as complicações.

 


 

Acordos Médicos

A Clínica Médica Alvalade possui acordos com diversas entidades médicas, entre as quais estão as seguintes:

 


     
  
     

• SPCIU

• SAMS Quadros

• Saúde Mais

 

• Future Healthcare

• Medicare

• Médis

• AMRR

• Planuscard

• PT ACS

 

 


 

Alvamed-Clínica Médica Alvalade
Lisboa - Proctologia / Hérnias

A Alvamed tem consultas das seguintes especialidades: Cirurgia, Dermatologia, Medicina Geral, Medicina Interna, Pneumologia, Proctologia, Acupunctura, Nutrição, Psicologia Clínica e Sexologia.

Alvamed - Clínica Médica Alvalade

Horário

De 2ª a 6ª feira

Das 11h às 13h e das 15h às 20h

 

Morada

Rua Francisco Stromp Lote B3-31

1600-464 LISBOA

 

 

Contactos

Telefone

210 482 926

 

Email

 

Website

www.alvamed.com.pt

 

Mapa do Site

Alvamed

Proctologia / Hérnia

Doenças Períneo

Depilação Definitiva / Acupunctura